domingo, 18 de outubro de 2015

[TOP ESPECIAL] DIA DO MÉDICO – Drº GREGORY HOUSE

Por Ingrid Cristina

Olá internautas de plantão, como estão? Espero que muito bem. J
Não sei se todos sabem, mas hoje comemoramos o dia do Médico, e uma data tão especial não poderia passar em branco. Afinal de contas, quem nunca precisou de médico, né?!


Eu não sei você, mas sempre que ouço falar nessa profissão logo me vem à mente o médico mais polêmico do mundo das séries – doutor Gregory House. Bem, o Drº House é conhecido pelo seu sarcasmo, cinismo, ignorância, prepotência. Além de gozar de uma mente completamente sádica e seu singular problema de se relacionar com as pessoas. Tudo isso enquanto manda e desmanda nos jovens especialistas de sua equipe médica – que estão sempre correndo e fazendo o que for preciso para resolver os casos médicos. 

Eu deixo vocês babarem no meu box completo! Bjs! 


Então você se pergunta: “Como esse cara ainda não foi despedido?” Pelo simples fato de que ele é dono da mente mais brilhante do Hospital-Escola Princeton-Plainsboro. A equipe de House só recebe os casos mais complicados que chegam ao hospital, que antes de serem entregues nas mãos de Deus, passam pelas mãos de Gregory e sua equipe. E House, que está sempre com seu ego inflado, não libera o caso enquanto não o resolve. 

O mais incrível de tudo é que ele nunca erra, sempre chega ao diagnóstico certo. Independente da completa falta de ética médica de House, eu penso que um médico com a inteligência desse cara deveria existir. Ele é muito foda e eu o adoro – pronto falei! House me inspira a buscar conhecimento! Ele é o tipo de pessoa que você ama odiar ou odeia amar. Kkkkk

O intuito dessa matéria é te apresentar algumas falas clássicas de House ao longo dessas oito temporadas, frases essas que só confirmam como House é detestável (Digo mais uma vez, eu o amo!). E por mais que doa assumir, ele só fala verdades. Só que a verdade dói.
Confira as frases abaixo e tire suas próprias conclusões:

1.     “Everybody Lies!” – “Todo mundo mente!” – House

2.     “It´s not Lupus. It’s never Lupus.” – “Não é Lupus. Nunca é Lupus.” – House


3.     “Almost dying don’t change anything. Dying changes everything!” – “Quase morrer não muda nada. Morrer muda tudo!” – House

4.     “We can live with dignity – we can’t die with it”. – “Podemos viver com dignidade. Não podemos morrer com ela.” – House


5.     “Well, like the philosopher Jagger once said, ‘You can’t always get what you want.'” – “Como já disse o filósofo Jagger: “Você não pode ter sempre aquilo que quer.” – House

6.     “People don´t change” – “As pessoas não mudam” – House


7.     “It’s a basic truth of the human condition that everybody lies. The only variable is about what.”- “É uma verdade da condição de ser humanos que todos mentem. A única variável é sobre o quê.” – House

8.     “People lie for thousands of reasons. There’s always a reason.” – “As pessoas mentem por milhares de razões. Sempre existe uma razão.” – House


9.     “Lies are like children. Hard work, but worth it because the future depends on it.” – “Mentiras são como as crianças: apesar de incovenientes, o futuro depende delas.”  – House

10.                       “I like you better now that you’re dying.” – “Eu gosto mais de você agora que está morrendo” – House


11.                       “You gonna trust me? I lie about everything.” – “Você vai acreditar em mim? Eu minto sobre tudo.” – House

12.                       “People act in their own self-interest. You’re all here because you’re all happy to be here. Or at least because this is your best option.” – “Pessoas agem em benefício próprio. Vocês estão todos aqui porque vocês todos estão felizes por estarem aqui. Ou, pelo menos, porque essa é a melhor opção de vocês.” – House


13.                       “I went crazy, not stupid.” – “Eu fiquei maluco, não estúpido.” – House

14.                       “Her lips say no, but her hormones say ‘Oh my God, yes, more.” – “Seus lábios dizem não, mas seus hormônios dizem ‘Oh meu Deus,sim, continua” – House

15.                       “I’m incapable of acting like a human being.”- “Eu sou incapaz de agir como ser humano.” – House


16.                       “The weird thing about telling someone they’re dying is it tends to focus their priorities. You find out what matters to them. What they’re willing to die for. What they’re willing to lie for.” – “A parte estranha de dizer a alguém que ela está morrendo, é que a ela tende a focar em suas prioridades. Você descobre o que realmente importa para elas. Pelo quê elas estão dispostas a morrer. Pelô que elas estão dispostas a mentir.” – House

17.                       “Another reason I don’t like meeting patients. If they don’t know what you look like, they can’t yell at you.”-“Uma outra razão para não gostar de conhecer os pacientes. Se eles não sabem quem você é, eles não podem gritar com você.”- House


18.                       “I’m too handsome to do paperwork.” – “Eu sou muito bonito para cuidar da papelada” – House

19.                       “No, there is not a thin line between love and hate. There is, in fact, a Great Wall of China with armed sentries posted every twenty feet between love and hate.” – “Não,não existe umalinha tênue entre o amore oódio. Na verdade, existe uma Muralha da China armada com soldados armados a cada 6 metros, entre o amor e o ódio.” – House


20.                       “You can have all the faith you want in spirits, and the afterlife, and heaven and hell, but when it comes to this world, don’t be an idiot. Cause you can tell me you put your faith in God to put you through the day, but when it comes time to cross the road, I know you look both ways.” – “Você pode ter a fé quer quiser em espíritos, em vida após a morte, no paraíso e no inferno, mas se tratando desse mundo, não seja idiota. Porque você pode me dizer que deposita sua fé em Deus para passar pelo dia, mas quando chega a hora de atravessar a rua, eu sei que você olha para os dois lados.” – House

21.                       “Anyone can hate humanity after being shot. It takes a big man to hate them beforehand.” – “Qualquer um pode odiar a humanidade depois de levar um tiro. É necessário um grande homem para odiar antes disso.” – House


22.                       “Are you … comparing me to God? I mean, that’s great, but just so you know, I’ve never made a tree.” – “Você está me comparando a Deus? Quero dizer, isso é bom, mas só para você saber, eu nunca criei uma árvore.” – House

23.                       “If we were to care about every person suffering on this planet, life would shut down.” – “Se nós fossemos nos importar com todas as pessoas que estão sofrendo nesse planeta, a vida iria parar.” – House


24.                       “Because, in HouseLand, and the rest of the universe by the way, when a question presents itself, it calls for an answer.” – “Porque, na terra do House, e no resto do universo, quando aparece uma pergunta, ela pede por uma resposta.” – House

25.                       “The fact that I was wrong is NOT a proof of God.” – “O fato deu ter errado não prova que Deus existe” – House

E aí, o que achou da filosofia as avessas de Gregory House?
Curtiu? Então deixe o seu +1 e seu comentário!
Vou ficando por aqui, mas antes deixo o meu Feliz dia do Médico a toda classe!

Um mega beijo e até a próxima!




Nenhum comentário:

Postar um comentário

Gostou da matéria? Então deixe seu comentário abaixo.
Beijo!