quinta-feira, 6 de outubro de 2016

[RESENHA] DESVENTURAS EM SÉRIE: MAU COMEÇO – LEMONY SNICKET

Por Ingrid Cristina

Olá, queridos passageiros!

Dando continuidade ao mês de Outubro, trago a resenha de uma das séries literárias mais fantásticas que já tive o prazer de ler e, com certeza, a mais desafortunada.

Em Desventuras em série, vamos acompanhar as desastrosas desventuras dos órfãos: Violet, Klaus e Sunny Baudelaire, tentando escapar das garras afiadas e reluzentes do vilão Conde Olaf.

Antes de falar do episódio desse primeiro volume, quero lhes apresentar os irmãos Baudelaire e suas capacidades singulares.

Violet Baudelaire tem 14 anos e é uma das maiores inventoras de seu tempo. As engrenagens e alavancas de seu cérebro funcionam a todo vapor.
Klaus Baudelaire, o irmão do meio, usa óculos, o que pode dar a impressão de que seja amante dos livros. Impressão absolutamente correta. Ele emprega todo o seu conhecimento em decifrar os planos do pérfido conde Olaf. Sunny Baudelaire, a mais nova dos três, é ainda um bebê. Seus quatro afiados dentes entram em ação na primeira oportunidade.

 Mau começo, primeiro volume de uma série de 13 livros, nos introduz no caminho tortuoso que será a vida desses três irmãos após o suspeito incêndio que matou os pais Baudelaire e acabou com toda a mansão da família.

Muito tristes e de coração partido, Violet, Klaus e Sunny ficam sob a guarda do Sr. Poe – um banqueiro amigo da família e que ficou responsável por encontrar um novo tutor para os órfãos, além de ser o guardião da fortuna dos irmãos até que Violet alcance a maioridade.

Por melhores que sejam as intenções do Sr. Poe, ficar na casa dele está sendo penoso demais para essas crianças, já que os filhos do bancário não fazem questão nenhuma em tê-los morando consigo e estão fazendo desta estadia a mais desagradável possível.

Mas uma luz parece surgir no fim do túnel quando Sr. Poe diz ter encontrado um primo distante que ficará como tutor das crianças. Mal sabiam elas que se tratava do cara mais maléfico que iriam conhecer em toda a vida. E aqui nos deparamos com o odioso Conde Olaf, o arqui-inimigo dos irmãos Baudelaire. Um homem revoltante, gosmento, pérfido, sobre ele é melhor dizer o menos possível.

Sob a guarda de Conde Olaf, esses desafortunados passam pelas piores situações que três crianças sem pais podem passar na vida. Olaf, que está apenas interessado em abocanhar a fortuna dos pequenos, faz questão de tratá-los da pior maneira possível: coloca-os para cozinhar e fazer atividades pesadas, entoca-os em um único quarto, fedido e apertado, para dividirem uma única cama. Faz das azaradas crianças seus empregados e prisioneiros.

E se tudo isso não bastasse, Olaf e sua trupe teatral bizarra bolam um plano para ficar com a fortuna dos órfãos e livrar-se deles para sempre. Ao descobrir as intenções o vilão, Violet, Klaus e Sunny terão que ser duplamente espertos para conseguir driblar o maquiavélico Olaf e se safarem de suas artimanhas.


Atenho-me aqui para não contar spoilers, pois os volumes são bem curtinhos e qualquer coisa além que eu escrever, estaria dando informações demais. Mas duas coisas eu preciso dizer, primeira: Lemony Snicket é a criatura mais incrível do mundo. Sua escrita, seus jogos de palavras e expressões são completamente viciantes e algo muito, muito inusitado. O autor se põe na posição de alguém que buscou conhecer a história dos irmãos e que agora tem a missão de torná-la pública. Ao mesmo tempo em que conta a história dos Baudelaire, ele faz adenos de sua própria vida e conversa com o leitor; é algo fantástico. Estou completamente domada por esse homem. E vale acrescentar que Lemony é um pseudônimo para Daniel Handler, a mente brilhante por detrás de tudo isso. 

Segunda coisa: Conde Olaf é odioso? Sim. É detestável e arrogante? Também. Mas é um dos melhores vilões que eu já tive o prazer de conhecer. Ele é muito esperto, muito inteligente e sarcástico, além de gozar de uma mente perversa e completamente sádica. Quem me conhece bem, sabe que eu amo vilões, para mim eles trazem um brilho todo especial para as histórias. E aqui eu encontrei um vilão simplesmente maravilhoso no quesito maldade. É claro que eu espero que o Conde Olaf se dê mal no final dessa série, mas antes disso terei o prazer de acompanhar suas tiranias vilanescas para cima dos Baudelaire.

Se você espera uma história com final feliz e muitos sorrisos, aconselho-te a passar longe desse livro. Mas caso queira conhecer uma história triste e deprimente, que faz o coração partir, Desventuras em série é uma história para você.


Volto em breve com a resenha do segundo volume da série, A sala dos répteis. Espero que vocês tenham gostado da resenha. Um beijo no coração de todos e até a próxima. <3

20 comentários:

  1. Olá
    Eu tenho muita curiosidade de acompanhar essa série pois, apesar de ter treze livros, os mesmo são bem curtinhos né? Sou muito fã de livros nessa pegada meio infanto juvenil e essas coisas. Me lembro ter visto o filme, se eu não estou enganado, e agora estou bem curioso para ver essa série. Adorei ver seus comentários sobre essa grande obra até mais vê
    Abçs

    ResponderExcluir
  2. Olá
    Gostaria muito de poder conferir essa serie.. por enquanto só assisti ao filme e gostei bastante, agora quero assistir a série na netflix.. bom, adorei poder conferir sua resenha, o que me deixou ainda mais motivada pqra ler..
    Beijos, Fer
    www.segredosemlivros.com

    ResponderExcluir
  3. Acho esse enredo tão triste... li o primeiro livro já tem um tempão e quero comprar a série toda para o meu filho, mas acho realmente que é um livro triste demais.
    Quanto ao Conde Olaf, penso o mesmo!!!!
    MEU AMOR PELOS LIVROS
    Beijos

    ResponderExcluir
  4. Olá bom dia, apesar da sua resenha ser positiva ao enredo do livro, sinceramente nem a capa e nem o livro me atraíram, um enredo triste, infelizmente vou passar a dica! Bjs

    ResponderExcluir
  5. Olá Ingrid,
    Já assisti ao filme e tenho fascinação pela história, pois ela foge de tudo o que estamos acostumados, não é? O Conde Olaf é um ser odioso ao extremo. Não sei como pode existir uma pessoa assim e os personagens parecem ter sido muito bem construídos.
    Vou anotar essa dica para ontem, pois tenho curiosidade e fiquei fascinada com sua resenha.
    Beijos,
    Um Oceano de Histórias

    ResponderExcluir
  6. Eu sou maluca pra ler esses livros, mas nunca consegui comprá-los, e acho que ainda vai demorar um pouquinho pra que isso aconteça, falta grana e tempo pra leitura. Ah, e também não assisti o filme. Adorei saber que não é uma história "feliz"... (rs).

    ;D
    Nelmaliana Oliveira

    ResponderExcluir
  7. Oie, tudo bem? Adorei sua resenha, ficou ótima!! Li os dois primeiros da serie e amo muito essa história, tanto os irmãos como o Conde Olaf são personagens inesquecíveis! Como você disse, um dos melhores vilões que conhecemos. Quero muito voltar a ler os livros, ainda mais agora que sairá uma serie de tv sobre os mesmos <3
    Beijos!!

    ResponderExcluir
  8. Nossa, sua resenha ficou perfeita!!!!!
    Concordo com o que você do Conde Olaf, e deu até vontade de reler!
    Por que será que gostamos dessa história apesar de não ser "feliz"?
    Com a proximidade da série, vou ter que reler mesmo, haha.

    Virando Amor

    ResponderExcluir
  9. Oi
    Apesar dessa série ser um clássico e muito elogiada, sem contar na sua resenha perfeita, não me sinto atraída para encarar esses livros.
    Agora confesso que estou super curiosa para ver a série da tv (não me julgue).
    Nunca imaginei que essa história seria triste, mas foi bom você alertar.
    De qualquer forma, anotei a dica.Quem sabe não mudo de opinião no futuro?
    Beijinhos
    Rizia - Livroterapias

    ResponderExcluir
  10. Oi!

    Tenho muita vontade de ler essa série, mas como são muitos volumes, tenho preguiça um pouco e porque a vida ta corrida. Apesar de amar finais felizes, quando o final triste é bom pra história, eu adoro. Esse livro é um clássico e não tem como não ter curiosidade em ler.

    Adorei a sua resenha, me deixou instigada haha

    beijos =)

    ResponderExcluir
  11. Oi. Tudo bem?
    Nossa, eu me envolvi muito com a história. Achei bem impactante. É dura realidade dessas crianças que pedem o pai em um situação tão deprimente. Se não bastasse isso, ainda precisam lidar um aproveitado. Que coisa, hein? Fiquei triste com a história, mas, por mais estranho que seja, eu gosto de histórias tristes. Saber que não tem final feliz me animou bastante, não que eu seja um sem coração, mas gosto das lições que tiramos desses livros tristes. Com certeza, vou procurar para ler. Se gostar desse, não vou conseguir deixar de ler os outros. Adorei a dica e da resenha também. Já consegui ter uma boa noção da história. Obrigado.
    Abraço!

    ResponderExcluir
  12. Esses vilões que nós amamos odiar: <3

    Eu ainda não li os livros, e para falar a verdade nem sei se farei isso, acho que não aproveitaria da devida maneira porque a história é bem juvenil, mas lembro de ter assistido ao filme e foi um filme fofinho. Agora que vão lançar a série vou ver se dou uma olhadinha.

    Beijos

    ResponderExcluir
  13. O que falar dessa série? Simplesmente perfeita, e claro que viajamos a cada aventura desbravada pelos personagens. Acredito que essa criatividade de fazer uma estória com bastante surpresas está faltando nos autores de hoje.

    ResponderExcluir
  14. Oi!
    Menina, que resenha magnífica! Eu já morro de vontade de ler essa série, principalmente pra ter aquele box maravilhoso na minha estante, mas se eu não tivesse interesse você teria, com certeza, mudado a minha opinião com suas palavras. Sua resenha me deixou com a impressão de que o filme é a junção de vários livros e não só adaptação do primeiro, o que me deixou instigada a ler e conhecer melhor os detalhes de cada desventura que os irmãos vivem. Ainda vem por aí a série produzida pela Netflix em breve, não é? Com certeza vou assisti-la e pretendo ler ao menos o primeiro livro em breve.
    Beijos!

    ResponderExcluir
  15. Olá!
    Minha irmã está lendo essa série e eu morro de vontade de ler também, pretendo ler muito em breve. Concordo que o Conde Olaf é um dos melhores vilões que conheci, e mal posso esperar para ver a adaptação da Netflix.
    Beijos.
    http://arsenaldeideiasblog.wordpress.com/

    ResponderExcluir
  16. Oie,

    Achei o livro tão diferente do filme. Mesmo porque no filme tem a junção de alguns livros, e cortes de algumas histórias. Sem dúvidas o livro é maravilhoso. O filme apesar de deixar a desejar, vale a pena ser assistido. COnfesso que esta obra é uma das melhores que já li. É curioso a lição aprendida pelas crianças. Ainda mais o abandono e abuso que eles sofrem depois que sua casa é queimada.

    ResponderExcluir
  17. Oie
    Então eu tenho muita curiosidade de fazer a leitura apesar de ter me assustado um pouco quando vi que são 13 livros fiquei com ainda mais vontade depois de saber que em 2017 vem adaptação por ai. Eu já vi o primeiro filme quando eu era mais nova e lembro que amava agora não me lembro muito bem o que pode ser legal se for fazer realmente a leitura.
    Amei sua resenha ficou muito bacana
    Bjus
    Mary Reis

    ResponderExcluir
  18. Olá!
    Adoro "Desventuras em Série", fora que me dá uma nostalgia porque eu li o primeiro livro quando tinha 10 anos *-*
    Eu adorei o filme e estou ansiosa pela série da netflix!
    Parabéns pela resenha!

    Beijo, beijos
    relicariodehistoriasma.blogspot.com

    ResponderExcluir
  19. Oie!!!
    Tenho muito interesse em ler esta série, principalmente depois de ter assistido ao filme, mas quando penso que são 13 volumes, mesmo que sejam finos conforme você escreveu....confesso que fico um pouco intimidada e acabo deixando pra depois.
    Gostei muito de sua resenha! Da introdução aos personagens e da forma simples e direta que falou sobre o enredo e sem spoilers o que foi ótimo!
    Desejo a você ótima leitura e que você curta bastante a série!
    Bjinhos ;)
    Elaine M. Escovedo
    Caminhando Entre Livros
    Http://www.caminhandoentrelivros.com.br

    ResponderExcluir
  20. A frase "Olaf é odioso?" só me fez pensar no boneco de neve e dizewr NÃO hahahaha
    Não tenho interesse em ler, mas, quero muito, muito mesmo, assistir a série ♥
    Amei seu post, acho que esses livros precisam ser expandidos por ai (pelas escolas eu digo, ensino fundamental) mas, já que não acontece, nós (blogueiros) continuamos fazendo isso rs

    ResponderExcluir

Gostou da matéria? Então deixe seu comentário abaixo.
Beijo!