domingo, 30 de abril de 2017

[Blogagem Coletiva] Experiências Literárias com o Nome Provisório


Olá, sociedade leitora!
Convido vocês a se acomodarem confortavelmente, pois agora se inicia nosso último episódio da blogagem coletiva.


No episódio de hoje, venho contar um pouquinho das experiências literárias com o grupo de leitura coletiva, Nome Provisório, que finalmente assumiu um nome de verdade. Agora somos o grupo de leitura coletiva Pacto Literário. (Palmas)


O grupo foi criado a partir do projeto Setembro Policial e após ele continuamos a realizar leituras coletivas. O primeiro livro foi O Bebê de Rosemary, já que o mês seguinte foi Outubro – Mês do Terror – nada mais justo do que ler algo do gênero. Como sou cagona por natureza, eu não li o livro todo, mas ainda assim já foi um grande passo para conhecer mais do gênero.

Em Novembro lemos A livraria 24 horas do Mr. Penumbra, um livro que eu também não terminei de ler, pois achei a história muito paradinha e entediante, fui fraca. Nota-se, claramente, que eu sou a vergonha desse grupo, desisto fácil das leituras. No mês seguinte lemos A máquina de fazer espanhóis, um livro que fugiu completamente da minha zona de conforto, mas que foi a fugida mais linda possível. O livro tem uma escrita completamente diferente, fora do comum, mas é impossível não se sentir sensibilizado com a mensagem que ele traz. Recomendo.

Adentramos Janeiro com a distopia futurística Admirável Mundo Novo, um grande clássico. Esse é o livro mais “fora da caixinha” que já li na minha vida, eu fiquei chocada com a realidade pensada pelo autor. Foi uma experiência e tanto. Fevereiro nos trouxe Entrevista com o vampiro e eu só reafirmei minha predileção por vampiros que sabem ser vampiros (sanguinolentos) graças a Lestat. Louise é muito entediante, Jesus!

Março foi minha vez de indicar os livros para a leitura coletiva e como não tenho cultura como o resto dos integrantes do grupo, indiquei alguns romances dentre os quais Amor Amargo foi o escolhido. Um livro que nos traz uma protagonista que vive um relacionamento abusivo e que com suas experiências nos ajuda a reconhecer um relacionamento desse tipo e nos ajuda a entender como funciona a mente de alguém que está passando por esse tipo de situação.

E por último, mas não menos importante, neste mês de Abril lemos (metade, pelo menos, no meu caso) o livro A máquina de contar histórias. Não posso falar muita coisa dele por enquanto, mas digo que é uma história muito emocionante.

Bem, não sou a pessoa mais presente nesse grupo, mas adoro sempre lidar com a Isa e suas facas (ela se faz de durona, mas é puro amor), com Thami e suas leituras tão cheias de cultura, com Luke e a disputa pelo coração dele, com os conselhos da Aninha e do Paulinho (às vezes os conselhos dele são pouco ortodoxos), com Mércia e sua linda experiência de vida e com a linda da Geraldine e suas dicas maravilhosas de séries, de organização, documentários e toda a sua finesse baiana. Vocês são muito importantes pra mim! ♥


É isso aí, galera, vou ficando por aqui. Um beijo no coração de todos e até a próxima. <3

Mal feito, feito!

5 comentários:

  1. A disputa pelo meu coração hahahahahah MORTO
    meu coração é de todos vocês <3

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Hahahaha faltou dizer que tá na disputa né!!! Hahaha

      Excluir
    2. Amei Criiis! É muito bom ter sua alegria que contagia a gente e sua indicação foi ótimaaaaa! 😘

      Excluir
    3. Amei Criiis! É muito bom ter sua alegria que contagia a gente e sua indicação foi ótimaaaaa! 😘

      Excluir
    4. Hahahaha faltou dizer que tá na disputa né!!! Hahaha

      Excluir

Gostou da matéria? Então deixe seu comentário abaixo.
Beijo!