quinta-feira, 15 de junho de 2017

[Dica de Filme] O Túmulo dos Vaga-lumes


Olá, meus queridos companheiros de viagem! Como vão todos? Espero que estejam ótimos!

Recentemente, eu estava numa conversa com o meu amigo, Thiago (do blog Mar de Vícios), e ele soltou a seguinte frase: "Cris, você já assistiu o filme O túmulo dos Vaga-lumes? Assista! Só assista e depois me manda um áudio no whatsapp, não importa que horas sejam."

E lá fui, inocentemente, assistir a essa animação japonesa sem nem saber do que se tratava. Resultado: Uma hora, vinte e oito minutos e trinta e dois segundos depois eu estava chorando, com as duas narinas entupidas e sem conseguir falar direito. Eu estou rindo agora, mas no momento foi muito triste.


Em Hotaru no Haka, como é chamado originalmente, vamos acompanhar duas crianças, Seita e Setsuko, lutando bravamente para sobreviver à terrível realidade da Segunda Guerra Mundial no Japão. O pai delas foi convocado para o exército, para lutar na guerra, e sua mãe é gravemente ferida após um bombardeamento aéreo, morrendo logo no início do filme.

Seita e Setsuko, então, vão morar com uma tia, que a princípio é cuidadosa com elas, mas que depois começa  a cobrar que as crianças façam até a própria comida e tudo o que eles fazem é motivo para ela gritar e brigar. Aborrecidos com a situação, elas partem da casa da tia e vão morar numa espécie de caverna abandonada, um pouco afastadas da cidade. 


É lindo ver como Seita cuida tão bem da sua irmãzinha e como tenta proporcionar-lhe pequenos prazeres, como o de degustar algumas balinhas de frutas. Setsuko, por ser jovem demais, por vezes consegue se desligar do que está acontecendo e acaba encontrando alegria em coisas simples como correr atrás de vaga-lumes, por exemplo. 


É duro perceber, ao longo do filme, como essa realidade de guerra é capaz de despertar nas pessoas sentimentos egoístas e pouco hospitaleiros. Em diversos momentos, Seita sai em busca de comida, mas ganha um não como resposta. Mas, ao mesmo tempo, não podemos julgar essas pessoas, pois todos estão sofrendo terrivelmente com a escassez de alimentos e de água nesse período de guerra (eu ainda acho que dava pra dividir um pouquinho sim). Aos poucos, a falta de alimentação adequada vai empurrando Setsuko para um estado de desnutrição, onde a menininha, que era animada e alegre, vai ficando frágil e abatida


Já é muito ruim ouvir/ler/assistir relatos desse período histórico que destruiu tantas vidas, mas quando ele é abordado por meio da delicadeza da animação e pelos olhos de duas crianças inocentes e desamparadas, torna-se impossível não se emocionar. Ficamos o tempo todo torcendo para que a guerra acabe e o pai delas retorne para arrancá-las dessa penúria, mas, assim como na vida real, Seita e Setsuko não tem um final tão feliz como mereciam

Enfim, só assistindo mesmo para saber as emoções que este lindo filminho pode despertar em nós. Então, se você está a fim de conhecer uma história triste, porém lindíssima e muito emocionante, O Túmulo dos Vaga-lumes é para você. Ele vai tocar o seu coração e deixá-lo apertadinho. Este é um filme feito para fazer a gente chorar e exercitar a empatia


O filme está disponível no youtube e vou deixar o link aqui embaixo para quem quiser se aventurar. Espero que vocês tenham gostado da matéria e que possam seguir a recomendação. Tenho certeza de que não irão se arrepender.  

Um beijo no coração de todos e até a próxima! <3

Outas informações:

Título: Hotaru no haka / Grave of the Fireflies
Ano: 1988
Realizador: Isao Takahata
País: Japão
Duração: 93 min
Género: drama, guerra
Estúdio: Studio Ghibli.


*Imagens retiradas da internet.



19 comentários:

  1. Ola
    Fiquei bem curiosa quanto a história desse filme e não sei como não tinha lido nada a respeito anteriormente. Suas impressões despertaram o meu interesse e com certeza irei procurar para assistir, porque gosto muito de ambientações assim. Obrigada pela dica!
    Beijos, F

    ResponderExcluir
  2. Oii
    Nossa já quero assistir esse anime, mas sei que não por agora porque estou muito sentimental então vou ficar pior que você depois que assistir. rsrsrsrs
    Quando vi Segunda guerra e criança no meio já deu um nó na garganta.
    Obrigada pela dica!

    Bjs,
    Garotas de Papel
    Não fazia ideia da existência desse filme

    ResponderExcluir
  3. Não ando muito na vibe de assistir filme, mas esse parece bem tocante, por retratar com leveza e delicadeza uma época tão difícil.
    A animação parece ser muito bem feita!
    Obrigada pela dica, assim que possível vou tentar assistir!

    Virando Amor

    ResponderExcluir
  4. Só pleas fotos de cenas que você colocou na resenha, já me despertou pra assistir. Sua considerações também me deixaram muito animada e espero poder conferir em breve.
    MEU AMOR PELOS LIVROS
    Beijos

    ResponderExcluir
  5. Olá, tudo bom?

    Só pelas fotos do anime, já me deu vontade de assistir, achei a menininha muito fofa. Adoro filmes tocantes, que me fazem chorar e como você falou que chorou com ele capaz de eu chorar também, a história parece ser bem tocante.

    Beijos:*

    ResponderExcluir
  6. Oie, tudo bem?
    Eu simplesmente amo histórias ambientadas na guerra, acho que pelos olhos de crianças mesmo eu já li uns quatro livros, e todos me fizeram chorar MUITO. Eu não costumo assistir animações japonesas, pois nunca encontro um tema que realmente me interesse. Mas quero conferir esse com certeza! Parece ser muito lindo, com uma mensagem bastante forte.

    ResponderExcluir
  7. Puxa Dani...
    Só de ler uma parte sobre o filme na sua resenha já fiquei angustiada.
    Gostei do: "Eu ainda acho que dava pra dividir um pouquinho, sim" rs Sempre dá, né?
    Fiquei ainda mais angustiada por saber que não tem um final feliz.
    Gosto de filmes e livros que mexem com nossas emoções e sentimentos, que nos fazem refletir e ter uma vontade imensa de ser melhor ou que nos incentive buscar um maior sentido para nossa existência.
    Certamente vou assistir.
    Amei a dica! Bjs!

    Eliziane Dias

    ResponderExcluir
  8. Eu gosot muito dessas animações japonesas, não conhecia essa e claro que já entrou pra lista, eu não costumo chorar nem lendo e nem vendo filme, mas confesso que quando vejo essas animações e ainda mais com crianças nessas situações eu acabo com os olhos suando! hahah

    ResponderExcluir
  9. Olá...
    Adorei sua dica!
    Confesso que não estou muito acostumada a assistir esse tipo de filme, mas, depois de ler suas impressões fiquei com vontade de ver!
    Vou anotar pra assistir depois ;)
    Bjo

    ResponderExcluir
  10. Olá...
    Adorei sua dica!
    Confesso que não estou muito acostumada a assistir esse tipo de filme, mas, depois de ler suas impressões fiquei com vontade de ver!
    Vou anotar pra assistir depois ;)
    Bjo

    ResponderExcluir
  11. Oiee!!
    Nossa eu não conhecia esse filme e minha nossa acredito que esse filme não seja pra mim. Acredito que ele é incrível, a sua resenha conseguiu transpassar isso com uma perfeição que não tem ideia. Entretanto, eu sou uma manteiga derretida e só a história do filme já me fez lacrimejar de imaginar, imagina se eu assistir de fato?

    beijos
    Livros & Tal

    ResponderExcluir
  12. Olá Ingrid,
    Ainda não conhecia essa animação, mas fiquei interessante. Como você disse, é assustador a forma egoísta como o ser humano pode agir mesmo durante a guerra que já é cruel. Espero ter a oportunidade de assistir esse filme logo para ficar chorando e com o nariz entupido como você.
    Beijos,
    Um Oceano de Histórias

    ResponderExcluir
  13. Olá!

    Adorei a sua reação hahah me vi muito nisso de lágrimas e nariz entupido. Eu adorei a premissa do livro, mesmo sendo um anime o que normalmente eu não vejo. Deu pra sentir o quanto você gostou desse livro. Então, talvez eu vá conferir a sua dica ❤️

    Um beijo

    ResponderExcluir
  14. Olá!

    Me lembro quando vi esse filme, não cheguei a chorar, mas me emocionei em diversas partes. Esse filme não chegou a superar minhas expectativas, mas tenho um carinho grande por ele. Consegui adquirir até mesmo a latinha das balinhas de frutas que Setsuko adora, entendo ela, são uma delícia!

    A realidade que eles vivem é muito triste, mas está aí para nos lembrar dos tempos tristes e que a guerra ainda é presente em diversos lugares.

    Fico feliz que o filme a tenha agradado, convido você a assistir o Live-action desse filme, tem algumas diferenças mas é muito bom também!

    ResponderExcluir
  15. Olá, Ingrid

    Não conhecia a animação e apesar de ter achado os personagens fofinhos visualmente não assistiria por dois motivos. Primeiro, é animação... e eu não curto animações. Segundo, se passa na guerra, e eu não gosto de histórias ambientadas na guerra. Rss
    Mas que bom que foi uma história que te tocou tanto, é muito bom quando isso acontece.

    Beijos

    ResponderExcluir
  16. Oi,
    não conhecia essa animação. Não costumo acompanhar os animes, mas tenho dois irmãos que amam e sempre que encontram algo que condiz com meu perfil eles sempre me apresentam, creio que nem eles devam conhecer essa história caso contrário já teriam me indicado, adorei a premissa que parece realmente ser muito emocionante vou chamar meus irmãos para assistirem comigo.

    Beijos!!

    ResponderExcluir
  17. OI!
    Pela sua resenha deu pra perceber que eu devo correr desse filme igual o diabo foge da cruz hahahaha, vou explicar.
    Eu sou muito sensível à esses temas de guerra, principalmente quando são contados com personagens que nos encantam tanto como esses dois irmãos, e quando termino eu acabo ficando mal de verdade emocionalmente.
    Mas com certeza é um filme lindo, trágico, porém emocionante

    ResponderExcluir
  18. Olá,

    Quando eu era mais nova, eu adorava filmes e séries japoneses, mas o tempo passou e acabei perdendo esse gosto. Enfim, não conhecia e nunca tinha ouvido falar nesse filme, no entanto a história me parece ser incrível e estou mais do que disposta a aproveitar essa dica, assim é claro que surgi um tempinho. Não sei porquê, porém adoro filmes que fazem chorar hahaha. Estou bem curiosa para assistir esse.

    Beijos,
    entreoculoselivros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  19. Olá, tudo bem?
    Nossa eu amei essa dica e já vou procurar para assistir, me lembrou muito um filme que assisti na infância e até hoje é meu preferido da vida.
    Um beijo.

    ResponderExcluir

Gostou da matéria? Então deixe seu comentário abaixo.
Beijo!