sexta-feira, 9 de junho de 2017

[Resenha] O lado feio do amor - Colleen Hoover

Olá, pessoal!

Aproveitando que Junho é o mês em que o amor está escancarado em todos os lugares, eu, a Isa - Dicas da Isa, a Thami - Eu li ou vou ler e a Geraldine - Jeniffer Geraldine, decidimos fazer o especial Junho Água Com Açúcar. É claro que não vamos nos ater apenas ao amor entre casais, tentaremos trazer as várias faces do amor por meio de indicações de livros, filmes, seriados e o que mais pintar por aí. 

E para começar bem as atividades deste projeto, trago a resenha daquele que, junto com O ar que ele respira, é o meu romance contemporâneo favorito. Eu amo esse livro num grau que não consigo explicar, sério! Eu li O lado feio do amor no ano passado e ele foi uma porta aberta para o mundo dos livros da Colleen Hoover. Hoje em dia eu venero essa mulher. (risos)


Nesta história vamos conhecer Tate Collins, uma jovem de 23 anos, enfermeira e que está se mudando de San Diego para San Francisco. Tate começará suas aulas de mestrado e precisa de um lugar para morar, sua sorte é que seu irmão mais velho, Corbin, tem um apartamento lindo na cidade e deixou que ela ficasse até que consiga um emprego e um apartamento. Corbin é o típico irmão protetor, que sempre fez questão de afastar todos os rapazes interessados em sua irmãzinha desde que eram mais novinhos. 

De uma forma muito embaraçosa e pouco ortodoxa, Tate conhece Miles Archer, o amigo e vizinho de porta do seu irmão. Logo de cara, a moça percebe que Miles guarda grandes dores em seu coração, um sofrimento genuíno que o faz ter pesadelos e ser uma pessoa fechada, que fala pouco do seu passado e que não deixa transparecer nenhum sentimento além de suas angústias. Miles é misterioso, fala pouco de si e, além de tudo, é extremamente lindo e atraente, dono de uma presença intimidante e impossível de ignorar. 

Os primeiros contatos entre os dois não são lá muito educados, mas o tempo apara as arestas e eles começam a se entender. Mais que isso, eu diria. Tate e Miles não conseguem mais negar a atração, quase palpável, que existe entre eles. É então que fazem um "acordo", onde se comprometem a não se envolverem emocionalmente, apenas sexo. E não querendo magoar de forma alguma a irmã do seu amigo, duas coisas ficam muito claras da parte de Miles:

"Não me pergunte sobre o meu passado. E nunca espere de mim um futuro."


O que começa dando muito certo, acaba se tornando uma pedra de tropeço para os dois, pois Tate se apaixona e Miles não sabe mais como amar, seu coração está muito machucado, ferido por uma grande tragédia que aconteceu em seu passado. Isso, muitas vezes, o leva a agir de uma forma muito fria, insensível e indiferente, ferindo os sentimentos de Tate. Agora cabe a ela decidir se vale a pena lutar por esse homem ferido e preso ao passado e continuar se machucando ou se simplesmente deixa tudo pra lá. 

"O amor nem sempre é bonito, Tate. Às vezes você passa o tempo inteiro desejando que um dia ele mude. Que melhore. E aí, antes que perceba, você já voltou para a estaca zero e perdeu o seu coração em algum lugar no meio do caminho."

Há muitas coisas que eu quero dizer sobre esse livro maravilhoso, mas a primeira delas é que a realidade e a maturidade do romance vivenciado pelos protagonistas me surpreendeu. Já percebei que essa característica é bem comum nos livros da autora. Com exceção de um amigo em particular do Corbin, que nem merece ser citado, eu gostei muito de todos os personagens. A Tate é uma mulher muito carinhosa, preocupada e muito compreensível também. Em vários momentos ela desejava mais de Miles, queria saber mais sobre o seu passado, sobre a tragédia que tanto o atordoa, mas ainda assim se continha por respeito à sua dor. Miles, a princípio, é meio idiota, trata ela com insensibilidade e indiferença; confesso que dá um pouco de raiva dele, mesmo ele tendo deixado claro que não se envolveria emocionalmente com ela. Mas quando ele vai deixando  a armadura cair, quando vai deixando Tate entrar em seu coração, vamos conhecendo o seu lado sentimental, carinhoso, amoroso, protetor, preocupado, romântico... Aí não teve jeito, me apaixonei completamente. 

A verdade é que quando descobrimos o que aconteceu em seu passado e o quanto isso o afetou, a vontade que dá é de pegá-lo no colo, tirar toda dor e sofrimento de seu coração que tanto amou um dia e dizer a ele que, por mais que o amor tenha o seu lado feio, não podemos viver sem amar. A tragédia que Miles viveu quando era muito mais jovem justifica suas atitudes no decorrer da história. Uma pessoa que passa pelo o que ele passou, certamente vai trancar o coração a sete chaves e, por muitas vezes, não saberá como demonstrar nenhum bom sentimento. Só por isso eu te perdoo pelos momentos de insensibilidade, Miles.♥


Corbin também é um personagem adorável. Ele é engraçado, lindo, um bom irmão e ajuda bastante tanto a Tate quanto o Miles. E é claro que eu não posso deixar de falar do Cap, um velho senhor que acaba se tornando amigo da Tate e sempre diz coisas muito sábias para ela. 

Ai, gente, é tanta coisa linda nesse livro que estou aqui suspirando só de lembrar e tenho que dizer que já fazem dias que estou me segurando para não reler o livro, já que eu tenho uma fila gigante de livros ainda não lidos. Não posso me dar ao luxo de reler nada, mesmo se tratando de um dos meus romances favoritos. Indico esse livro para quem, assim como eu, ama romances com cenas hots na medida certa. A escrita da CoHo, como é apelidada carinhosamente pelos fãs, é uma delícia, de uma fluidez ímpar. O livro intercala os pontos de vista da Tate, no presente, e do Miles, que se passa seis anos antes dele conhecer Tate. 

Enfim, eu não gosto de fazer resenha de livros que gosto muito, pois quero ficar escrevendo sobre ele eternamente, mas eu precisava falar sobre esse hoje. Ah, não posso esquecer de dizer que o livro seria adaptado para o cinema e as gravações começariam em breve, mas a autora soltou a notícia, recentemente, de que o filme foi cancelado. Uma pena, porque quem faria o papel de Miles Archer seria, ninguém mais ninguém menos que, Nick Bateman. Agora eu convido vocês a imaginarem esse cidadão usando uniforme de piloto de avião, já que essa é a profissão do nosso protagonista. Tentador, não? Não sei se eu saberia lidar com isso dentro de um cinema. (risos)

Eu vendo Nick Bateman de Miles Archer nas telonas

Estou imensamente triste com o cancelamento das gravações, mas não se pode ter tudo na vida, não é?! Confiram esse pequeno teaser a baixo e vejam como seria nosso Miles nos cinemas. </3


Deixa eu me despedir logo antes que arrume mais alguma coisa para falar. Vou ficando por aqui, pessoal. Um beijo no coração de todos e até a próxima! <3 E só para não perder o costume: Miles, eu amo muito você! ♥


Nota no Skoob: 5/5 + ♥

Outras informações: 
Ano: 2015
Páginas: 336
Editora: Galera Record
Sinopse: Quando Tate Collins se muda para o apartamento de seu irmão, Corbin, a fim de se dedicar ao mestrado em enfermagem, não imaginava conhecer o lado feio do amor. Um relacionamento onde companheirismo e cumplicidade não são prioridades. E o sexo parece ser o único objetivo. Mas Miles Archer, piloto de avião, vizinho e melhor amigo de Corbin, sabe ser persuasivo... apesar da armadura emocional que usa para esconder um passado de dor.O que Miles e Tate sentem não é amor à primeira vista, mas uma atração incontrolável. Em pouco tempo não conseguem mais resistir e se entregam ao desejo. O rapaz impõe duas regras: sem perguntas sobre o passado e sem esperanças para o futuro. Será um relacionamento casual. Eles têm a sintonia perfeita. Tate prometeu não se apaixonar. Mas vai descobrir que nenhuma regra é capaz de controlar o amor e o desejo.

24 comentários:

  1. Cris minha flor 🌼
    A um tempo venho especulando a ideia de ler a Colleen, mas depois de hoje eu quero ler pra ontem. Tu me deixou com muita, mas muita vontade ler esta obra, acha adequado começar por este ?
    Amei a resenha, sério. Deveria fazer resenha sim dos livros que ama, pois se toda resenha for assim, vai fazer eu ter vontade de ler sempre.
    Beijão

    ResponderExcluir
  2. Oi Ingrid!
    Eu tenho esse livro há tempos, mas ainda não li. Quando lançou fiquei super curiosa justamente por ser da Colleen. Agora minha vontade ressurgiu, se não aparecer nenhum livro de parceria por aqui, colocarei esse livro na frente. Fiquei bem curiosa pra saber sobre o passado do Miles, quero muito conhecer a Tate, parece ser uma personagem incrível, ein?! Respeitando o tempo do Miles. Vi que o filme foi cancelado, porque a própria autora assim quis... Uma pena, né? O modelo é bem bonito! rs
    Beijos

    ResponderExcluir
  3. Ola
    Sou bem suspeita ao comentar sobre esse livro e sobre a autora, porque ela é uma das minhas preferidas. Só coisa linda nesse livro mesmo, e adorei conferir sua resenha para relembrar uma trama tão especial. Não sabia sobre o cancelamento, meu Deus, que triste :((( Ah, como não amar o Miles né?!
    Beijos, F

    ResponderExcluir
  4. Olá
    Esse livro é algo que me diverge muito, pois leio resenhas positivas e negativas a um nível bem igual, o que só me deixa amei confuso de se realmente faço ou não a leitura. A trama não é bem chamativa, devo confessar isso, mas como li um livro da autora e gostei muito, eu quero pro seguro mas não sei se devo arriscar nesse livro. Fico feliz que tenha amado a leitura da obra. Até mais ver

    ResponderExcluir
  5. Amigaaaa!!
    Eu amo esse livro, Miles é crush eterno, e eu assino embaixo de tudo que você disse. fiquei mega feliz em saber que gostou da história. CoHo nunca desaponta e nem você nessa resenha maravilhosa.

    Parabéns pela resenha
    Beijos
    Leitora Dramática
    http://blogleitoradramatica.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  6. Oie, tudo bem?
    Ainda não li nada da autora, mas quero muito!
    Acredito que será uma maravilha de leitura, pelos elogios que ouvi sobre a obra, haha. Adorei sua resenha apaixonadíssima!

    ResponderExcluir
  7. Eu li esse livro no início de 2015 e também foi através dele que eu me apaixonei pela escrita da CoHo. Acho a história desse livro belíssima e também tive vontade de pegar o Miles no colo. Um pena que o filme foi cancelado, mas eu já estava desconfiada, estava demorando muito.

    Beijos

    ResponderExcluir
  8. Menina,
    li esse livro no ano passado e fiquei mais ou menos como você, completamente apaixonada por essa história, na verdade ainda não conheço uma história da Colleen que não mexeu comigo. Mas que história é essa de que a adaptação foi cancelada? Juro que estava totalmente por fora, aqui na minha humilde esperança, esperando mais novidades e a que eu recebo é essa bomba, não tem condições de uma história dessa não ser adaptada meu povo. Agora só nos resta esperar por uma produtora sensata que queira investir.

    Beijos!

    ResponderExcluir
  9. Sempre ouço falar nesse livro e a curiosidade pra ler algo da Colleen só aumenta, visto que as resenhas dos livros dela são, em sua maioria, positivas. Que pena que o filme foi cancelado, eu nem conhecia o ator que você citou mas fui procurar e é REALMENTE uma pena ter sido cancelado, haha.
    Espero poder ler em breve!

    Virando Amor

    ResponderExcluir
  10. Olá, tudo bom?

    Confesso que nunca li nada da Colleen mas quero muito ler sempre falam muito bem dos livros dela e pelas resenhas que vi, eu vou gostar bastante. Sobre o livro, é uma pena terem cancelado o filme, parece que ia ficar um filme bem legal.

    Beijos:*

    ResponderExcluir
  11. Olá!!

    Collen arrasa muito neh!? Infelizmente esse livro está na fila de leitura a muito tempo, morro de vontade de conferir a história, mas ando priorizando outras leituras. Como eu preciso dar um tempo em fantasia, vou ler esse de uma vez. Fiquei bastante curiosa para saber se eu vou gostar tanto quanto você, sinceramente eu espero que sim.

    Beijos e Sucesso

    ResponderExcluir
  12. Oi.
    Realmente esse ator chega a ser ridiculamente lindo. Melhor nem tentar imagina-lo com uniforme de piloto de avião.
    Acredita que ainda não li nada da autora?
    Acho que é uma falha que preciso corrigir em breve.
    Gostei da dica, o único problema é que estou fugindo de dramas no momento, mas ouço tantas pessoas falando bem dessa autora que acho que vou ter que ceder.
    Beijos.

    ResponderExcluir
  13. oi, parece um livro bem bom e adoro esses mocinhos com passados obscuros. Sua resenha ficou bem instigante e sua paixão pelo livro é palpável e isso me deixou louca para ler.

    ResponderExcluir
  14. Aí estou eu lendo a sua resenha e pahhhhhhhhhhhhhhhhh, aparece Nick Bateman com sua perfeição. Gente, como é lindo e como quero velo na pele do Miles, porque acho que ele é o Miles de todo mundo. Eu amei o livro e foi sem dúvida, um romance que me deixou feliz ao conhecer. Que venha o filme e de preferencia, que não demore.
    beijos

    ResponderExcluir
  15. Se tem uma coisa que a CoHo realmente sabe fazer, são personagens complexos, maduros e íntimo do leitor. Nesse livro minha experiência não foi diferente e assim como você, não tive o que questionar quando descobri sobre o passado de Miles. Soube do cancelamento e realmente foi uma triste notícia. Já tenho o Nick como Miles na minha mente e será bem difícil substituir por outro.
    Bjim!
    Tammy

    ResponderExcluir
  16. Oie!
    Ainda não li esse livro, mas eu amo a escrita da CoHo, acho que ela escreve tão bem que, meu Deus. Gostei muito de ver o quanto você gostou da trama e fiquei muito contente por essa vontade de pegar o personagem e tirar toda a dor e sofrimento dele. São poucos personagens que me fazem sentir assim.
    Esse cara é maravilhoso e vou super ler pensando nele no papel do personagem haha
    Beijos

    ResponderExcluir
  17. Oi, Ingrid!
    Esse é um dos meus livros preferidos da autora. A história é intensa e maravilhosa, a Colleen tem um jeito de nos fazer sentir as emoções dos personagens, é incrível! Gosto bastante da construção dos personagens e como a trama foi desenvolvida. É uma leitura deliciosa para quem é fã do gênero!

    Beijos,

    Rafa [ blog - Fascinada por Histórias]

    ResponderExcluir
  18. Olá, tudo bem?
    Eu estou louca para ler esse livro, mas ainda não tive a oportunidade. Sua resenha me deixou com vontade de colocar de lado toda a minha pilha de livros não lidos e começar esse imediatamente haha. A CoHo sabe brincar com os nossos corações e fazer com que a gente sofra junto com os personagens né? Pelo jeito, não será diferente com esse livro.
    Sobre o filme, confesso que não fazia a menor ideia de quem era Nick Bateman, nunca tinha ouvido falar. Porém, depois de ver essas imagens, até lamentei que as gravações tenham sido canceladas. Apesar de que, hoje em dia me dá até desânimo quando falam que vão adaptar um livro para o cinema, porque raramente fica bom.
    Adorei sua resenha e espero ler esse livro em breve. Tenho certeza que também vou me apaixonar pelo Miles.
    Beijos!

    ResponderExcluir
  19. Minha nossa, que decepção, pq cancelaram as gravações? Um livro famoso como esse iria encher as salas de cinema e os envolvidos de grana, não? Que tristeza... Enfim, já ouvi muito falar desse livro e já tenho ele na lista dos desejados, mas infelizmente ainda não tive a grande oportunidade de lê-lo. Espero que eu goste tanto quanto todas as outras pessoas que o leram, haha.
    Beijos!

    ResponderExcluir
  20. O que mais me encanta na escrita da autora é justamente a forma como ela traz personagens realistas e maduros. Diferentemente de muitos romances que são jogados no mundo literario. Pena que cancelaram as gravações da adaptação seria melhor ainda se emocionar com o casal nas telas.

    ResponderExcluir
  21. Olá,

    Esse é único livro da CoHo que não me agradou 100%, não sei se porque na época em que eu li, eu estava lendo new adults/éroticos demais ou se porque não é do feitio da autora coloca cenas demasiadas de sexo em seus livros, só sei que enquanto todo mundo amou, eu fiz parte de uma pequena porcentagem que sentiu estranheza com a história. Quem sabe um dia eu releia-o e mude de opinião né.

    Beijos,
    entreoculoselivros.blogspot.com

    ResponderExcluir
  22. Eu ainda não li o livro, mas sempre que leio uma resenha dele fico com a impressão de que se trata de uma história que mexe com a nossa sensibilidade. Há muitas pessoas que assumem um comportamento de sexo sem compromisso porque sofreram uma grande desilusão. Eu não sabia que o filme havia sido cancelado. Que pena!

    Tatiana

    ResponderExcluir
  23. Oi.

    A Colleen é uma das minhas autoras preferidas, amo os livros dela e esse foi um dos que mais gostei. Não entrou para a lista de favoritos, mas nem por isso, foi uma decepção. Gosto muito de como a CH nos emociona com seus personagens e suas histórias, de como ela constrói esses personagens.

    ResponderExcluir
  24. Olá Ingrid...
    Gostei muito da sua resenha e ri principalmente com o final... Nick Baterman de piloto de avião seria TUDO!! hahaha

    Esse foi o único livro que li da Colleen até agora, infelizmente, mas eu amei tanto... me senti exatamente como você antes de não saber o segredo, depois que descobri, chorei igual uma idiota e não queria largá-lo.

    Sem dúvidas, esse é um livro que merece ser lido.

    beijos
    Livros & Tal

    ResponderExcluir

Gostou da matéria? Então deixe seu comentário abaixo.
Beijo!