segunda-feira, 31 de julho de 2017

[Pseudo Resenha] Harry Potter e a criança amaldiçoada - JK Rowling, John Tiffany e Jack Throne


Olá, queridos!

Essa matéria de hoje é super especial, pois estamos comemorando mais um aniversário do querido e amado Harry Potter. Não só dele, dona JK Rowling também sopra as velinhas hoje. Então, todos a bordo, nossa viagem vai começar! ♥


Trago não uma resenha, mas um esboço do que achei desse livro tão comentado dentre os fãs de Harry Potter. Não é uma resenha porque não irei me prender à trama em si, já que é quase impossível falar sobre esse livro sem dar spoiler para aqueles que não leram nenhum livro da saga. Em respeito a vocês, vou comentar levianamente sobre a obra.

Muitos anos se passaram depois da Batalha de Hogwarts. Harry, Hermione, Rony e todos os sobreviventes daquele fatídico dia seguem o padrão de normalidade de suas vidas. A única coisa que não anda muito bem é o relacionamento entre Harry e seu filho, Alvo Severo. O bruxo não consegue estabelecer uma ligação paterna com seu filho, que por sua vez tem raiva de toda a expectativa sobre ele por ser filho de quem é. 

Em seu primeiro ano indo para Hogwarts, ele conhece Escórpio (A MELHOR E MAIS ADORÁVEL PESSOA DESSE LIVRO ♥) - por quem sente grande afinidade logo de cara. E é com Escórpio que ele vai embarcar numa aventurosa missão de tentar salvar alguém de seu destino inevitável. Com motivações um tanto quanto duvidosas e ignorando todos os avisos, Alvo Severo vai abraçar a sua causa e deixar seu pai e os demais de cabelos em pé.

Então, gente, se eu disser que gostei totalmente ou que não gostei totalmente, estarei mentido. Há pontos fracos e pontos fortes na trama, como em qualquer outro livro. A questão desse é que os pontos fracos são demais e impossíveis de serem ignorados. Pelo fato de ser algo relacionado a esse mundo maravilhoso e à sua autora, todo mundo esperava uma trama de arrebentar a boca do balão, mas não é bem assim. A trama é muito legal, gostei muito da "confusão" a ser resolvida e achei até muito criativa, embora algumas coisas não sejam explicadas satisfatoriamente e por estarmos acostumados com as explicações certeiras da JK Rowling, isso traz incômodo. Mas talvez essa falta de motivo ou de origem para certos elementos que movem a história, se deva pelo fato dela ser uma narrativa teatral, então relevei no final das contas.

Agora, algo que me tirou do sério foi a absurda descaracterização dos personagens que já conhecemos. Isso foi imperdoável! O Harry dessa peça é uma pessoa estranha pra mim, não o conheço. Em vários momentos eu me peguei pensando: "Não, o Harry que eu conheço jamais pensaria assim. Jamais agiria ou falaria dessa maneira." Em alguns momentos o Draco foi muito mais sensato que ele, a verdade é essa. O Rony é um bobão de marca maior, não amadureceu em nada, parece o mesmo menino bobo que conhecemos em HP e a Pedra filosofal. Tudo bem, o personagem tem essa característica descontraída, brincalhona, mas espera-se que em 19 anos algum grau de maturidade seja alcançado, né?! E sobre a Hermione, não sei o que achei dela. Gostei, no entanto, da face apaziguadora da Gina, me convenceu.


Sobre os filhos: o Alvo Severo é um chato de galocha, parece mais filho do Draco. A Rosa (filha da Hermione) se acha demais, muito metida, não gostei dela. Já o Escórpio, ó meu Deus, que criaturinha adorável, fofa e simpática. Eu juro que esperei revelarem que o Draco tinha roubado essa criança de alguém, não tem condições dele ter gerado um ser humano tão doce. Estou sendo má com o Draco, tadinho! (risos) Mas enfim, o Escórpio merece uma história só para ele. Amei conhecê-lo e acho, inclusive, que ele é um dos grandes acertos desse livro. 

Me sinto estranha por estar reclamando de algo relacionado ao universo de Harry Potter e é por isso que digo que, embora eu tenha encontrado falhas e tenha desgostado de algumas coisas, não me arrependo em momento algum de ter lido. A nostalgia provocada por esse livro foi imensa e foi maravilhoso poder voltar e acompanhar algo diferente desse mundo. Foi ótimo rever esses personagens com quem cresci e ver o quanto eles cresceram também. 

Bem, se você é fã de Harry Potter e se se comprometer em ler despretensiosamente e sem muitas expectativas, será um ótimo momento de leitura. Mas deixo por conta e risco de vocês decidirem se vão ler ou não!

Vou ficando por aqui, mas antes deixo essa tirinha linda que, tenho certeza, representa muitos de nós! ♥ Um beijo no coração de todos e até a próxima! <3

Nota no Skoob: 4/5

Outras informações:

Ano: 2016
Páginas: 352
Editora: Rocco
Sinopse: Sempre foi difícil ser Harry Potter e não é mais fácil agora que ele é um sobrecarregado funcionário do Ministério da Magia,marido e pai de três crianças em idade escolar. Enquanto Harry lida com um passado que se recusa a ficar para trás, seu filho mais novo, Alvo, deve lutar com o peso de um legado de família que ele nunca quis. À medida que passado e presente se fundem de forma ameaçadora, ambos, pai e filho, aprendem uma incômoda verdade: às vezes as trevas vêm de lugares inesperados.
Ansiosamente aguardado por milhões de fãs, o oitavo livro da saga de maior sucesso de todos os tempos chega às livrarias de todo o Brasil no dia 31 de outubro, em edições brochura e capa dura. Harry Potter e a criança amaldiçoada é a edição impressa do roteiro de ensaio da peça escrita por J.K. Rowling em parceria com Jack Thorne e John Tiffany, que está em cartaz em Londres e sepassa 19 anos após os acontecimentos narrados em Harry Potter e as Relíquias da Morte.
Ponto forte: A oitava história, dezenove anos depois. Franquia de maior sucesso do mercado editorial mundial.Prateleira: Para novos e antigos fãs de Harry Potter e leitores de fantasia em geral.


16 comentários:

  1. Oi Cris, olha concordo com você em tudo que falou. Será que posso assinar embaixo?!kkkk

    Eu fiquei muito revoltada com a descaracterização dos personagens que conhecemos e tanto amamos. Nossa O Harry e a Gina para mim foi o fim da picada. Infelizmente não foi uma obra fantástica e eu não entendi até hoje o que houve com essa peça, me dá a sensação que não teve as mãos da J.K nela. Enfim, adorei o post.

    Beijos, Ge.

    Blog:
    http://naturezaliteraria.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  2. Meu maior desgosto com esse livro foi o fato de Escórpio e Alvo Severo não terem trocado um beijinho se quer. Eu nunca shippei tanto um casal como shippei esses dois.

    A Rose Weasley é insuportável! Nem parece filha da Hermione. E vamos combinar que esse livro poderia simplesmente não existir, né? Kkkkkkkkkkkkk Mas fala sério, podíamos ter sobrevivido perfeitamente bem só com o epílogo de Relíquias da Morte.

    Amei a resenha! Escreva mais, por favor!
    Beijocas

    ResponderExcluir
  3. Ola
    Eu gostei muito do Escórpio, já o Alvo não foi um personagem tão cativante. Não li com muitas expectativas, então consegui aproveitar bem a leitura, sem decepções. Adorei poder conferir as suas impressões, em especial por conta da identificação com a minha opinião. Adorei a tirinha ♥
    Beijos, F

    ResponderExcluir
  4. Olá! Ganhei este livro de amigo secreto, mas ainda não li. Uma vergonha para quem ama tanto a saga. Mas tenho um pouco de medo de me decepcionar. Quero ler na hora certa. Uma pena você ter se decepcionado tanto com o enredo, realmente Sá nossa rainha sempre esperamos mais. Não lerei por enquanto. Vou me contentar com Animais Fantásticos kkkk
    www.praxeliteraria.com.br beijos

    ResponderExcluir
  5. Olá...
    Adorei a resenha, ou melhor, pseudoresenha ;)
    Sou muito fã de HP também e sinceramente tenho medo de ler esse livro, pois, já li tanta resenha negativa que desanimei de ler por completo... Tenho medo de me decepcionar com minha querida Rowling que prefiro passar a dica.
    Beijos

    ResponderExcluir
  6. Oie!
    Ainda não tive a oportunidade de ler o livro, mas vou anotar essa dica. Desde que fiquei sabendo do lançamento, eu estou receosa com a leitura, pois não vai ser a mesma coisa com relação aos livros anteriores.
    mas vou ler.
    Bjks!
    Histórias sem Fim

    ResponderExcluir
  7. "Eu juro que esperei revelarem que o Draco tinha roubado essa criança de alguém" < eu ri, haha. Ótima resenha. Uma pena que esse livro não tenha agradado tanto. Eu estou lendo o terceiro livro da série ainda, mas já sou fã.

    ResponderExcluir
  8. Oiee, tudo bem? Gostei muito do seu post, bem completo <3 Eu só li os três primeiros da série de HP até agora, mas quero muito ler os outros e depois conferir esse também, mesmo tendo a impressão de que não irei curtir tanto...

    Beijos!!!

    ResponderExcluir
  9. Oi. :)
    Ainda não tive a oportunidade de ler esse livro, mas por falta mesmo de dinheiro rs. Sempre aparece um livro de série que adoro e deixo esse de lado.
    Amo HP e tudo que é relacionado sobre o mundo mágico do bruxo, e simplesmente sua sinceridade me deixou encantada.
    Adoro ler resenhas sinceras e a sua ficou ótima. Parabéns!
    Blog As Meninas Que Leem Livros - Lauri Brandão

    ResponderExcluir
  10. Oiee Ingrid ^^
    Eu só cheguei a ler o primeiro livro de HP, e confesso que não curti muito, então nem quis ler os outros. Uma pena que este livro tenha decepcionado tanto em alguns pontos. Acho que, depois de tantas bombas da história do Harry, tanta tensão e expectativa mais que alcançadas, o pessoal estava esperando muito e a autora não conseguiu agradar, né?
    MilkMilks ♥

    ResponderExcluir
  11. Oi, Ingrid!
    Eu realmente não curti A Criança Amaldiçoada, a premissa era interessante, mas não deu tão certo assim não. Tive o mesmo sentimento sobre os personagens que você, não reconheci o Harry, o Alvo Severo foi o personagem mais chato que li em muito tempo... Mas o Escórpio é um personagem ótimo - teve que lidar com tanta coisa e é tão mais maduro que metade dos outros personagens! Enfim, vida que segue, a gente sempre espera o máximo da J.K. e nesse caso... é melhor ler o roteiro de Animais Fantásticos, porque esse sim vale a pena haha
    Beijos!

    ResponderExcluir
  12. Oi, tudo bem?
    Embora eu tenha achado que trama em si um pouco fraca, gostei bastante desse livro. Apesar de ter me decepcionado com o filho do Harry ser essa peste em forma de criança, eu também amei o Escorpius e achei bem legal o fato de terem seguido um caminho que eu não esperava, fazendo o filho do Harry insuportável e o filho do Draco um amor.
    Com relação ao Harry, vi muitas pessoas reclamando o mesmo que você, mas para mim foi totalmente convincente. Sempre achei o Harry um personagem bem imperfeitos e com seus momentos de rebeldia e arrogância. Acho que, com o tempo, as responsabilidades e a posição que ele ocupa, isso pode ter se potencializado. Por outro lado, também adorei o jeito apaziguador da Gina, mas não tem nada a ver com a chata que vemos nos livros (desculpa quem, sempre achei ela insuportável).
    Adorei sua resenha e também acho que vale a pena ler esse livro sim.
    Beijos!

    ResponderExcluir
  13. Oie, tudo bemw
    Eu sou super fã de Harry Potter mas ainda não li essa obra, sei que muitos amaram e muitos odiaram, mas eu ainda não tirei minhas conclusões e pretendo tirá-las em breve.
    Beijocas <3

    ResponderExcluir
  14. Oláa!
    COmprei esse livro na pré-venda, com toda a expectativa do mundo, afinal, é um mundo que dispensa maiores comentários né... Ainda não consegui arrumar tempo para ler, mas confesso que estava muito ansiosa.
    Porém, a sua é a primeira resenha que leio sobre ele, e fiquei um pouco chateada com tantos pontos negativos... Tudo bem que não é a JK, mas pelo menos poderiam ter mantido as personalidades dos personagens intactas né?
    Apesar disso, ainda vou ler e espero gostar pelo menos de algumas partes hehehe
    Um beijo

    www.asmeninasqueleemlivros.com

    ResponderExcluir
  15. Oie, tudo bom?
    Eu ODEIO esse livro com todas as minhas forças!
    Pra mim, se tornou apenas uma fanfic escrita por algum fã dissimulado e que nunca leu os livros. Não sei nem como a JK aceitou toda essa história, sem ao menos dar pitaco em nada. Harry estava ridículo, meu Snape contando piadas (PIADAS????), Rony um bobo, Hermione uma chata... Tudo péssimo.

    ResponderExcluir
  16. Olá tudo bem?
    Eu gostei e não gostei desse livro, acho que te entendo. O Escórpio foi um personagem que me encantou, mas eu esperava muito mais do Harry como pai. Ele deveria agir completamente diferente.
    Sobre os outros personagens, gostei, mas acho que fizeram muitas mudanças substanciais e esse foi o ponto que mais desagradou. O que mais curti nesse livro foram as respostas para vários e ses.
    Beijos

    ResponderExcluir

Gostou da matéria? Então deixe seu comentário abaixo.
Beijo!